Páginas

domingo, 24 de fevereiro de 2013

5º TORNEIO DE ANIVERSÁRIO DA ADX




Hoje aconteceu um evento marcante para o calendário enxadrístico de Natal e do RN: o torneio em comemoração ao quinto aniversário de fundação da Academia Damasceno de Xadrez.

Participantes aguardam início do torneio na sala de jogos
Não há nunca palavras suficientes para exaltar o espírito de amor e zelo dedicados ao xadrez que a família Damasceno demonstra em todos os menores detalhes da ADX. Trata-se de um primor!


Os menos ansiosos aguardavam o início do torneio do lado de fora (muito agradável) 
O torneio foi um sucesso de público, com 54 inscritos, incluindo um Mestre FIDE (Carlos Henrique Pinto) e um Mestre Nacional (Neri Silveira) além de diversos outros fortes jogadores do RN. O evento foi disputado pelo sistema suíço de emparceiramento em 9 rodadas, com o interessante formato progressivo: 3 rodadas em 5 min KO, 3 rodadas em 10 min KO e as 3 rodadas finais em ritmo de 20 min KO.

O torneio foi vencido por Felipe Lobo (8 pontos em 9), seguido por Rewbenio Frota (7 pontos em 9) e Rafael Albuquerque (7 pontos em 9).


Participantes se confraternizam entre as rodadas

Ao que me diz respeito, fiquei muito satisfeito com meu torneio. Cheguei a liderar isoladamente até a 7ª rodada (com 100% de aproveitamento e rating performance de 3115), até que enfrentei Felipe Lobo na partida que poderia decidir o torneio. Alcançamos a posição  abaixo, na qual as brancas têm uma combinação para ganhar dois peões sem risco algum:

Frota x Lobo, brancas jogam e obtem vantagem
Apesar de obter essa vantagem, perdi o rumo da partida após algumas simplificações e acabei perdendo um final de torres e peões. 

Na rodada final, enfrentei, já com o vice-campeonato garantido, um jogador que não era conhecido de ninguém (recém chegado à Natal), mas que já tinha feito alguns estragos no torneio, Tiago Vieira. Fiquei inferior, usei muito tempo e, quando consegui igualar, já não tinha que poucos segundos no relógio.

Ser vice campeão de um evento assim me enche de orgulho, ainda mais pela significação da ADX para mim e para o xadrez de nossa cidade. Parabéns à ADX. Que venham ainda muitos aniversários pela frente.


2 comentários:

Jussier Cabral disse...

Rewbwnio vou te fazer uma pergunta que ta me intrigando. Pq alguns GM´s deixaram de jogar a final do brasileiro para jogar o paulista por equipes ?????

Rewbenio disse...

Oi Jussier, alguns GMs toram sua principal fonte de renda desses Jogos do Interior de SP, muitos têm contratos assinados que precisam honrar. Além disso, essa final em amrço nao tem nada a ver, tinha q ter sido em 2012! Alguns podem estar protestando