Páginas

terça-feira, 22 de março de 2011

Adeus a Nilo Sales




Nos idos de 1993, no III Torneio de Xadrez da Barra do Ceará, primeiro torneio CBX no qual tomei parte, conheci boa parte dos melhores jogadores de xadrez de Fortaleza. Chamou-me especialmente a atenção um enxadrista já de 67 anos, que jogava de forma muito agressiva, inclusive com sacrifícios de peças, em  claro contraste com seu frágil aspecto físico. Era visível o ar de surpresa em seu derrotado oponente, que era bem mais jovem que ele, e que também não sabia contra quem jogava. Infelizmente não era ainda a época dos PGN´s e esta partida certamente se perdeu na dobra dos dias. Pois bem, depois fiquei sabendo que se tratava do veterano enxadrista e professor de xadrez do BNB Clube, Nilo sales.

Voltei a vê-lo algumas vezes em que visitei o BNB Clube entre 1994 e 1997. Numa delas, ele quis me presentear com um relógio de blitz que funcionava com uma esfera oca dentro de um tubo transparente cheio de água. Ao jogar, batia-se numa extremidade e a esfera começava a subir, por ação do empuxo, e o adversário tinha de jogar antes dela chegar na outra extremidade. Por intervenção de outro membro do clube, acabei não ganhando o curioso relógio que, disseram-me, era invenção da casa.

Em junho de 2010, na abertura do Aberto do Brasil etapa de Fortaleza, encontrava pela última vez (sem saber) o mesmo senhor, já bem mais velhinho, aos 84 anos. Ele me disse que não jogava mais torneios pensandos, mas que ainda gostava de ver partidas e jogava xadrez relâmpago. gostei muito de revê-lo, naquele que era meu primeiro torneio em minha cidade natal em 10 anos, e tudo tinha um jeito de déjà vu.

Foi com pesar que li a notícia da morte do Prof. Nilo Sales no último dia 16/03, aos 85 anos. A julgar pelo número de citações em blogs falando do acontecido, percebe-se como ele era querido pelos que o conheceram.

Crédito da imagem
 Prof. Nilo Sales (in memoriam) ao lado do Prof. Ari Maia.

Segue uma de suas últimas partidas pensandas, no ano 2000, aos 74 anos, no XV Torneio do BNB Clube em Fortaleza-CE, como uma singela homenagem ao Prof. Nilo, que agora joga em esferas superiores:


Um comentário:

passarossemcancao disse...

Que texto lindo! Deu pra sentir a atmosfera. Eu não cheguei a conhecê-lo, mas esses enxadristas mais antigos são um tesouro que estou começando a descobrir!
Abraços, Mestre Jedi!
Katiusha